segunda-feira, 2 de maio de 2011

"Na cara não, estraga o velório"

Sabe qual a maior felicidade que um garoto de dez anos pode ter? Atingir todos os patos no jogo do Master System. É extremamente dificil, mas quando você o cachorrinho, feliz da vida, aparecendo na tela e dizendo que você foi perfeito, te sobe um ar caçador que, instantaneamente, te faz soprar o bico da arma. O dia 02/05/2011 vai ficar conhecido como o dia da vingança dos E.U.A. A morte de Osama Bin Laden lança mais uma data festiva no calendário norte americano e uma série de preocupações mundiais.

O Batman provocou tanto os criminosos de Gothan, que terminou o “O Cavaleiro das Trevas” como criminoso, sem seu principal aliado e com seu ajudante obrigado a se voltar contra ele. Se colocar contra terroristas na condição de “estou vingado” abre a possibilidade de uma revanche ainda mais sangreta que o onze de setembro. Os mulçumanos acreditam que uma morte proveniente de um sacríficio os renderá quarenta virgens no céu. Osama Bin Laden destruiu os dois prédios mais altos dos E.U.A. e implantou o terror em todos esse dez anos que ele esteve sumido. Convenhamos: deve existir um céu só de virgens esperando o Bin Laden.

A missão de Bin Laden na terra já tinha sido sacramentada. Essa ideia norte americana de “que pegamos o mal” é extremamente ilusória e cria um clima desnecessário de “te pego na saída” com a turma do outro lado. Preparem-se, pois nenhum terrorista ficará feliz enquanto não tiver no seu currículo um feito tão grande quanto o de Osama Bin Laden.

Uma coisa nós temos que enaltecer; o patriotismo do povo estadunidense. É lindo ver um país todo de mão dadas em prol de algo (Obama já vê sua reeleição mais de perto). É extremamente discutível se esse algo é bom ou ruim, mas não podemos nos cegar para a beleza que é ter uma população patriota erguendo taças para aquilo que eles entendem como vitória. Os norte americanos fizeram por um inimigo morto o que nós brasileiros esquecemos de fazer para nossos inimigos vivos; – Sarney morre! – Quem é Sarney?

As próximas notícias televisivas ainda irão estampar por muito tempo a bela barba de Bin Laden, mas existe uma grande preocupação em toda essa comemoração: Vocês só mataram um pato, ainda falta muito para o cachorro ficar feliz.

2 comentários:

Rol disse...

Perfect shon, concerteza o proprio osama traçou uma linha para seus discipulos seguirem se ele fosse capturado(aguardando a replica dos al qaedenses). Embora eu ainda não acredite 100% nisso, se fosse bush seria uma convicção: jogada de marketing para reeleição. Mas enfim acho que Osama não seria tão relapso a estar em uma casa cheia de requintes com seguranças bem armados... Se não há corpo não há morte!

Anônimo disse...

O Osama acabou tornando-se um 'deus ' para seus seguidores. Acredito que Obamo vivo era melhor. Cenas dos proximos capitulos serão sangrentas.
Luan CW
@luancobain